Por Carol e Babinho

Cachoeira do Funil: pêndulo, rapel e caverna em Mambaí, Goiás

Cachoeira do Funil: pêndulo, rapel e caverna em Mambaí, Goiás

Cachoeira do Funil Mambaí

A Cachoeira do Funil é, na nossa opinião, um dos passeios de aventura mais incríveis do Brasil! E é um atrativo completo, com pêndulo, rapel, caverna, cachoeira, rio e por aí vai…

Deus foi muito generoso com aquela região: imagine um rio que cai exatamente no final de uma caverna, formando uma cachoeira forte. Agora imagine que, em frente à essa cachoeira, há uma pedra alta, que foi cirurgicamente colocada ali por Deus para você pular e fazer um pêndulo super divertidoFica com a gente que, neste artigo, vamos falar tudo sobre esse passeio!

A Cachoeira do Funil é o cartão-postal de Mambaí, uma cidade pequena no interior de Goiás, que é referência em ecoturismo e aventura. A 300 km de Brasília, tem, além da Cachoeira do Funil, tirolesa, rapel e exploração em cavernas, poço azul, outras cachoeiras, fervedouro e muito mais!

Poço Azul Mambaí
Poço Azul, em Mambaí

Neste link, você acessa o nosso artigo completíssimo sobre Mambaí, com todas as informações de que você precisa saber para planejar a sua viagem: como chegar, onde ficar e onde comer, o que fazer, o que levar e um relato completo sobre todos os passeios que fizemos nos quatro dias em que ficamos na cidade.

Se você ainda não leu o artigo sobre Mambaí, não se preocupe. Vamos começar este artigo aqui falando sobre a Cachoeira do Funil e, ao final dele, vamos repetir aqui algumas informações que julgamos relevantes: como chegar a Mambaí, qual a melhor época e o que levar na sua viagem.

De toda maneira, sugerimos que, após ler este artigo, você volte ao artigo de Mambaí para ler o relato completo dos outros passeios que fizemos lá: Poço Azul, rapel na claraboia da Caverna Lapa das Dores, tirolesa, Fervedouro do Léo, Trilha do Cancão Danado e pôr do sol na divisa com a Bahia.

Caverna Lapa das Dores, Mambaí
Caverna Lapa das Dores, Mambaí

COMO CHEGAR À CACHOEIRA DO FUNIL?

Para chegar lá, são 6 km de carro, a partir do centro da cidade de Mambaí e mais uma caminhada tranquila de 900 m. Assim como todos os passeios na região, é necessário guia, pois os atrativos ficam localizados em propriedades privadas.

Fizemos todos os passeios na região com a Mambaí Adventure, que recomendamos bastante! Eles foram super solícitos, sugeriram os passeios de acordo com o nosso perfil e ofereceram os passeios com a máxima segurança possível.

Poço Azul Mambaí
Poço Azul

CACHOEIRA DO FUNIL

Este é um passeio completo, que agrada a diferentes tipos de pessoas. Há duas opções para acessar a Cachoeira do Funil. A primeira opção é entrar em uma caverna, percorrê-la por um curto espaço de tempo (uns 10 minutos, mais ou menos) e, ao final da caverna, dar de cara com uma queda d’água de 20 metros. As fotos abaixo vão ajudá-lo a entender melhor.

Há dois fatores muito curiosos aí. O primeiro deles é que, diferentemente do que acontece normalmente, você chegará à cachoeira por trás da queda. É muito linda essa imagem! O segundo é que, embora a caverna seja pequena, você terá uma experiencia completa ao percorrê-la: passará com água até o quadril, vivenciará o breu completo de uma caverna (em determinado momento, o guia pede para todos apagarem as lanternas!) e etc. É muito bacana!

Mas, se você não gostar de caverna ou não quiser percorrê-la, não há problema! Há a opção de ir andando tranquilamente pela trilha até à Cachoeira do Funil, chegando pela parte da frente da queda d’água.

Cachoeira do Funil Mambaí
Chegando à Cachoeira pela parte de trás da queda

Nós recomendamos fortemente que você acesse a cachoeira pela caverna, por alguns motivos. O primeiro deles é pela experiência em si: onde mais você terá essa oportunidade de chegar a uma cachoeira passando por dentro de uma caverna? O segundo motivo é que sair da escuridão total e ir caminhando em direção à luz e ao forte barulho de queda d’agua é muito bacana!

E, por fim, como já dissemos, a experiência dentro da caverna é muito válida.  Além disso, como o trajeto é bem curto, mesmo aqueles que não são muito fãs de caverna vão conseguir curtir bastante o passeio. Mas, repetimos: se caverna realmente não é a sua praia, não se sinta obrigado a percorrê-la! Vá caminhando pela trilha até chegar à cachoeira.

Pois bem, ao chegar à Cachoeira do Funil é que a aventura de verdade começa! Não é possível tomar banho nela, porque a queda d’água é muito forte e o poço é pequeno. Mas, não se preocupe, só de chegar perto dela, você já ficará todo molhado!

Cachoeira do Funil Mambaí
Caverna que dá acesso à Cachoeira do Funil

Lá, você pode optar por fazer o pêndulo, o rapel ou apenas contemplar a cachoeira. Achamos o pêndulo completamente sensacional! Deus abençoou muito aquele lugarzinho ali, viu. É uma combinação rara de acontecer: uma cachoeira caindo ao fim de uma caverna e um pedra no ponto exato para você pular e se divertir!

É importante frisar que é um passeio seguro. Há uma árvore muito grande e larga logo acima da caverna, onde os guias da Mambaí Adventure prendem as cordas que servirão de base, tanto do pêndulo quanto do rapel. Nos dois casos, os equipamentos de segurança são confiáveis e nunca houve absolutamente nenhum incidente na cidade.

Babinho, é claro, foi o primeiro a se aventurar. O nosso guia já havia feito o pêndulo antes (enquanto estávamos atravessando a caverna com o outro guia) e Babinho o viu ali de cabeça pra baixo. É claro que ele não ia deixar passar em branco e foi lá perguntar como poderia fazer igual. Taí o resultado:

 

Pulou e voltou cheio de adrenalina para me filmar. Não conseguia segurar o sorriso de tanta felicidade. Chegou a minha vez de pular, mas eu tava morrendo de medo. Pulei, mais discretamente, mas fui, rs. Olha só:

Havíamos combinado com a Mambaí Adventure que faríamos rapel na Cachoeira, mas gostamos tanto do pêndulo, que decidimos repeti-lo, rs. Na segunda vez, Babinho já estava mais tranquilo e conseguiu virar de cabeça pra baixo melhor, dá uma olhada:

Depois do segundo pulo, andamos alguns poucos metros até o rio que passa por cima da caverna. Lá, tomamos um banho (de água friiia!). Apesar de não termos feito, o rapel na Cachoeira do Funil é um dos passeios mais procurados da região.

Em relação aos preços, é bom checar com a Mambaí Adventure, mas, em junho de 2021, o passeio até a Cachoeira do Funil, com guia, custa R$ 50,00 por pessoa. O pêndulo e o rapel têm um valor adicional de R$ 70,00 por pessoa cada um.

NOSSAS MÉTRICAS PARA A CACHOEIRA DO FUNIL

Não é novidade que amamos esse passeio, né? Nível de dificuldade é 1 de 5, porque é possível acessar a cachoeira com uma caminhada leve de 900m. E o pêndulo, por exemplo, não exige condicionamento físico.

E nível de aventura 4 de 5, porque caverna, cachoeira, pêndulo e rapel em um local só na Cachoeira do Funil mesmo! 😍 Temos a forte impressão que os amantes de experiências únicas e inusitadas vão, assim como a gente, amar esse passeio!

COMO CHEGAR A MAMBAÍ

A melhor maneira de chegar à Mambaí é de carro (não é preciso carro 4×4). A cidade fica a 300km de Brasília, onde moramos. Nós fomos com o nosso carro e fizemos o trajeto em 04:20hs, sem pressa. O trecho é todo asfaltado, não há pedágios e a estrada está em ótimas condições.

Cachoeira do Funil Mambaí
Estrada de Brasília a Mambaí

Antes da pandemia, havia ônibus de Brasília até Mambaí, mas foram suspensos. O pessoal da Mambaí Adventure nos informou que há taxistas que fazem este trajeto e, se o carro estiver cheio, cobram por volta de R$ 80,00 por pessoa por trecho.

Se você pousar em Brasília para ir para Mambaí, sugerimos que alugue o seu carro Rentcars.comque sempre oferece um serviço de qualidade e compara o preço de diversas locadoras. Perceba, no mapa acima, que Mambaí está localizada dentro de uma APA: a Área de Proteção Ambiental das Nascentes do Rio Vermelho.

Caverna Lapa das Dores Mambaí
Rapel na claraboia da caverna Lapa das Dores

MELHOR ÉPOCA

Fizemos essa pergunta pra todos os guias da Mambaí Adventure e todos responderam da mesma maneira: todas as épocas são boas, hehe. Como a cidade tem atrativos muito diferentes, dá pra aproveitar o ano todo.

Pessoalmente, nós consideramos que a melhor época seria na seca, entre os meses de maio e agosto. Além de evitar as chuvas, nessa época, as águas das cachoeiras e dos poços estão mais transparentes e as trilhas menos escorregadias.

Por outro lado, se você for na época da chuva, não há perigo em relação às trombas d’água (que é um dos grandes cuidados que temos que tomar nesse período nas cachoeiras), porque as nascentes são todas bem perto, na própria cidade.

O que fazer em mambaí - tirolesa
Tirolesa em Mambaí

O QUE LEVAR PARA MAMBAÍ

Uma coisa é certa em Mambaí: ô cidadezinha pra deixar a roupa suja, viu! Hehe. As roupas que você usar em um dia ficarão imundas e terão que ir direto pro cesto. Normalmente, a gente volta dos passeios com as roupas (e tênis) molhados e sujos.

Uma dica muito boa é sempre lavar os tênis assim que chegar dos passeios, de maneira que, no dia seguinte, eles estejam o mais limpos e secos possível. Mas vão se sujar novamente, não tem jeito… Ah, leve muitos pares de meia! Você não conseguirá repetir aquelas meias que já foram usadas, rs. O vídeo abaixo é a cara das trilhas em Mambaí:

O nosso tênis é próprio pra trilhas com água, seca rápido e é super leve. Se você não tiver um nesse estilo, o mais importante é que não escorregue. Além disso, você vai precisar de calças pra trilha, filtro solar, boné, repelente, roupas leves e uma mochila.

Um saquinho impermeável para colocar celular e câmera é uma boa pedida, porque a gente atravessa muitos locais com a água na cintura – tanto nas trilhas quanto na caverna. Não é um item totalmente indispensável, mas, se você tiver, leve!

Para acessar o nosso artigo sobre o que fazer em Mambaí, em que fazemos um review de todos os passeios que fizemos na cidade, clique aqui!

Poço Azul Mambaí
Poço Azul

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Queremos inicialmente agradecer ao Bruno e a toda equipe da Mambaí Adventure, por ter tornado essa viagem tão especial! Amamos esses dias aí com vocês.

Caso o seu voo para essa ou qualquer outra viagem tenha sido alterado ou dado overbooking, sugerimos uma leitura no nosso artigo que explica como ganhamos mais de R$ 14.000,00 em indenizações de companhias aéreas, sem entrar na justiça, apenas por procedimentos administrativos. Mas, se você preferir ajuda para requerer seus direitos, indicamos a Voe Tranquilo, que cuida de tudo pra você e só cobra pelo serviço se você receber o valor a que tem direito.

Dica importante: se você preferir contratar um Seguro Viagem para se sentir mais seguro e tranquilo, recomendamos sempre os seguros de viagem da SegurosPromo. Você consegue comparar várias operadoras de seguro e ganha 5% de desconto com nosso cupom NOSSOMUNDO5 ! Clique aqui e confira!

Quer saber mais sobre passeios super diferentes em Goiás? Ficamos hospedados na casa na árvore mais alta do Brasil, na Chapada dos Veadeiros e contamos tudo nesse artigo. Também ficamos hospedados em um trailer dos anos 80 instalado em um mirante com vista para o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. O relato completo está aqui.

Trilha do Cancão Danado mambaí
Trilha do Cancão Danado

E, se você curte trilhas, dá uma olhada aqui na nossa experiência na Cachoeira da Cortina, nas Serras Gerais (Tocantins)! E, pra fechar com chave de ouro, um relato da trilha mais diferente que fizemos: a travessia a pé dos Lençóis Maranhenses, percorrendo a pé 40 km em 3 dias. Leia aqui!

Se quiser ver mais fotos e vídeos das nossas aventuras, segue a gente lá no instagram!

NOTA: Nossa viagem para Mambaí ocorreu por meio de uma parceria com a agência Mambaí Adventure. Entretanto, este post foi escrito com base nas nossas opiniões e experiência e não sofreu qualquer tipo de interferência.

 

Planeje sua viagem

chip internacional

INTERNET NO EXTERIOR

seguro viagem

SEGURO VIAGEM

aluguel de carro

ALUGUEL DE CARRO

passagens aereas

PASSAGENS AÉREAS

Rolar para cima