Por Carol e Babinho

Tudo sobre Presidente Figueiredo, a cidade de cachoeiras e grutas na Amazônia

Tudo sobre Presidente Figueiredo: cachoeiras e grutas na Amazônia

Presidente Figueiredo é parada obrigatória para quem vai a Manaus, ama a natureza e curte lugares únicos no mundo. Imagine cachoeiras, grutas, cavernas e até fervedouro bem no coração da Amazônia: há muito o que fazer em Presidente Figueiredo!

É uma cidadezinha que fica a 120 km de Manaus e é um destino perfeito para um bate-e-volta ou para passar alguns dias curtindo com calma. Há muitas cachoeiras (mais de 100!) e diversas opções de passeios. Fica com a gente que, neste artigo, vamos te mostrar o que fazer em Presidente Figueiredo e tudo o que você precisa saber para aproveitar esse paraíso amazônico.

Caverna do Maroaga - Presidente Figueiredo
Caverna do Maroaga

Neste link, você acessa o nosso artigo com 10 atrações imperdíveis em Manaus e na Amazônia. Presidente Figueiredo é, claro, uma dessas atrações, mas a lista vai muito além: o melhor local para um pôr do sol inesquecível às margens do Rio Negro, os melhores restaurantes e comidas típicas, a melhor praia de rio de Manaus e por aí vai. Dá uma lida lá que tá bem completo e eclético.

COMO CHEGAR A PRESIDENTE FIGUEIREDO

São 120 km saindo de Manaus, em estrada única, toda asfaltada. O percurso dura, em média, 2 horas, pela BR-174. No meio do caminho, há um café bem típico chamado Priscila, onde as pessoas costumam parar para tomar café da manhã ou fazer um lanchinho.

 Presidente Figueiredo
Café regional Priscila, no caminho para Presidente Figueiredo

As tapiocas são muito famosas pelo sabor e pelo tamanho – são muito grandes! Eu e Babinho dividimos uma pequena. A grande é realmente muiiito grande e dá pra 3 ou 4 pessoas lancharem.

Nossa sugestão é pedir a tapioca x-caboquinho, que é a cara da Amazônia e é simplesmente deliciosa. Não sei se você já conhece, mas é assim que os amazonenses chamam o recheio de queijo coalho, banana pacovã frita (uma espécie de banana-da-terra) e tucumã (o fruto de uma palmeira amazônica). É realmente muito gostoso e, quando estávamos na região, pedíamos absolutamente tudo sabor x-caboquinho, kkkk (tapicoca, sanduíche, pastel, etc).

Para chegar a Presidente Figueiredo saindo de Manaus, há três opções: alugar um carro, ir de ônibus ou ir de excursão saindo de Manaus, com alguma empresa de turismo. Nós recomendamos a última opção e abaixo explicamos o porquê.

Delicioso sanduiche X-caboquinho, típido de Manaus. Fonte: 18horas.com.br

Acreditamos que ir de ônibus não seja uma boa opção, porque, ao chegar em Presidente Figueiredo, você vai precisar de um carro para ir até as cachoeiras. Alugar um carro é uma opção, mas, ao chegar na cidade, você vai precisar contratar um guia para alguns passeios. Então é bom checar se, financeiramente, vale a pena alugar o carro, pagar gasolina, procurar um guia local e etc.

Nossa opção foi contratar uma empresa de turismo que nos pegou no hotel em Manaus, nos levou a todos os passeios em Presidente Figueiredo e nos deixou de volta em Manaus. Acreditamos que tenha sido uma decisão acertada e, por isso, nós recomendamos que vocês façam o mesmo.

Nossa empresa foi a Sauim Aventuras, empresa de turismo nova na cidade, que nós super recomendamos. Nós amamos a Sauim, adoramos conhecer a história deles e presenciar de perto a competência e o profissionalismo da empresa.

Cachoeira do Santuário

QUANTO TEMPO FICAR EM PRESIDENTE FIGUEIREDO? 

A resposta para esta pergunta depende muito do seu estilo e ritmo de viagem. Nós ficamos apenas um dia em Presidente Figueiredo, por uma questão de agenda, mas gostaríamos de ter ficado mais.

Nós fizemos um bate-e-volta e foi bastante corrido, preferiríamos ter dormido lá e aproveitado o dia seguinte. Na nossa opinião, o tempo ideal na cidade é de 2 dias. Dá pra aproveitar bem os passeios mais bonitos e mais famosos, apesar de não dar pra conhecer tudo.

Se você quiser conhecer realmente muitas cachoeiras e outros lugares, talvez o ideal seja ficar 4 ou 5 dias – afinal, há muito o que fazer em Presidente Figueiredo. Mas, na nossa opinião, uma viagem de 2 ou 3 está de bom tamanho. Um bate-e-volta de um dia, como nós fizemos, dá pra conhecer bastante também, mas fica faltando muita coisa!

Fervedouro do Maranhão - Presidente Figueiredo
Fervedouro do Maranhão

Um ponto interessante a se levar em consideração na hora de montar o roteiro é que, normalmente, as cachoeiras fecham por volta das 16hs. Outra informação muito importante é que Presidente Figueiredo é uma cidade muito procurada pelos manauaras (quem é de Manaus) e, por isso, fica muito cheia nos finais de semana.

Nós fomos no sábado e consideramos este um erro grande do nosso roteiro. Quando chegamos a Manaus, dormimos lá uma noite e fomos na manhã seguinte para o hotel de selva, onde ficamos hospedados por 4 dias e 3 noites.

Depois, nos demos conta de que o ideal teria sido chegar em Manaus e ir direto pra Presidente Figueiredo. Aproveitar a cidade durante 2 dias e, no final da semana, ir para o hotel de selva. Portanto, fica aqui nossa sugestão para você, baseada na nossa experiência, de conhecer Presidente Figueiredo em dia de semana, preferencialmente.

Caverna do Maroaga - Presidente Figueiredo
A paradisíaca Caverna do Maroaga

QUANDO IR A PRESIDENTE FIGUEIREDO?

Esta é uma pergunta difícil, que precisa ser analisada levando-se em consideração muitos fatores. O primeiro deles é que, se você vai visitar Presidente Figueiredo na mesma época em que vai visitar um hotel de selva, precisa estar atento a alguns aspectos. Primeiro, vamos te explicar direitinho sobre a melhor época para conhecer a Amazônia, de maneira geral:

  • MELHOR ÉPOCA PARA IR PARA A AMAZÔNIA

A Amazônia é daqueles lugares que muda bastante de acordo com a estação, sabe? Há duas estações bem definidas: período da seca e período da cheia.

A estação seca vai de junho a novembro – nesse período, chove bem menos. Dê uma olhada no gráfico abaixo: perceba que, entre os meses 6 a 11, a barra azul que indica a quantidade de precipitação de chuva é bem menor.

 Presidente Figueiredo
Chuvas no Amazonas. Fonte: climatedata.org

A estação chuvosa, portanto, é de dezembro a maio, quando chove bastante. Os manauaras dizem que, nesses meses, não há nenhuma dúvida de que vai chover. A única dúvida é se vai chover pela manhã, à tarde, ou nos dois turnos, rs.

Mas há ainda outro fator muito importante a ser levado em consideração. Os rios amazônicos são enormes e, por isso, demoram um tempo tanto para encher quanto para esvaziar. E é justamente o fato de os rios estarem cheios ou vazios que faz com que a paisagem na Amazônia mude tanto. A diferença pode chegar a 15m de altura (aproximadamente um prédio de 5 andares)!

Quando os rios estão cheios, se formam os igapós, que são as florestas inundadas. São aquelas imagens mais marcantes da Amazônia, em que as canoas vão passando por entre as copas das árvores – os níveis dos rios sobem muito!

Hotel de selva na Amazônia
Nosso hotel de selva na Amazônia na época dos rios cheios

Nessa época dos rios cheios, as distâncias encurtam bastante na Amazônia. Você não precisa navegar somente no curso do rio, você pode ir pegando atalhos pelos igapós – é, alias, muito divertido! Nessa época, formam-se espelhos d’águas incrivelmente perfeitos.

Na época em que os rios baixam, formam-se as praias e as margens dos rios mostram um cenário mais seco. Por outro lado, é melhor para avistar os animais: os peixes ficam concentrados no curso do rio e, portanto, é muito mais fácil para avistar jacarés ou pescar piranhas, por exemplo.

Na nossa opinião, a melhor época para conhecer a Amazônia é entre os meses de junho a setembro, em que as chuvas já diminuíram, mas os rios ainda continuam cheios. Depois de setembro, os rios começam a secar e ficam baixos até março, mais ou menos, quando os níveis da água começam a subir novamente.

Hotel de selva na Amazônia
Espelhos d´água impressionantes na Amazônia, na época da cheia
  • MELHOR ÉPOCA PARA IR A PRESIDENTE FIGUEIREDO

Dito isto, podemos falar especificamente sobre a melhor época para conhecer Presidente Figueiredo. Na nossa opinião, acreditamos que a melhor época é também entre os meses de junho a setembro – especialmente se a viagem para lá fizer parte de uma viagem para conhecer a Amazônia.

Isso porque, além dos motivos que explicamos acima, as cachoeiras ainda estão cheias e chove bem menos – o que significa que as trilhas estão mais secas e mais fáceis de fazer. Ouvimos vários relatos de pessoas que foram nos meses com mais precipitação e tiveram de abandonar as trilhas por conta da chuva e da lama.

Caverna do Maroaga e a Gruta da Judeia
Caminho entre a Caverna do Maroaga e a Gruta da Judeia

Por outro lado, de março a junho, o nível das águas está muito alto e as cachoeiras mais bonitas e com volume de água maior (mas ainda chove bastante!). E, de dezembro a fevereiro, já voltou a chover bastante, mas as cachoeiras ainda estão com pouca água. Isso pode parecer ruim, mas há uma exceção: a Cachoeira do Mutum.

Essa era um dos locais que mais queríamos conhecer em Presidente Figueiredo, mas, infelizmente, não conseguimos, justamente porque esses “buracos” na água só ficam visíveis na seca e, como nós falamos, nós fomos no período da cheia.

Na nossa opinião, a única vantagem de ir nessa época entre dezembro e fevereiro (em que chove bastante, mas que os rios ainda estão vazios) seria poder conhecer a Cachoeira do Mutum, que, de fato, parece muito impressionante – e um lugar único no mundo. É aquela velha história, né… vamos ter que voltar pra conhecer, hehe.

Cachoeira do Mutum. Fonte: experienciasincriveis.com.br

O QUE FAZER EM PRESIDENTE FIGUEIREDO

Vamos listar aqui os locais que conhecemos e, ao final, fazer uma listinha daqueles locais que não tivemos oportunidade de conhecer, mas que ficarão para uma próxima visita.

CAVERNA DO MAROAGA E GRUTA DA JUDEIA

Estes atrativos estão sempre encabeçando as listas de o que fazer em Presidente Figueiredo por uma ótima razão: são lugares realmente lindos, paradisíacos. É um passeio 2 em 1, em que você conhece os dois locais de uma vez.

Caverna do Maroaga - Presidente Figueiredo
Caverna do Maroaga

O estacionamento fica a 6km do centro de Presidente Figueiredo, em estrada asfaltada. A trilha total tem cerca de 2km e é bem tranquila, de nível fácil. É circular, de maneira que você inicia e termina a trilha no mesmo ponto, mas o caminho da ida é diferente do caminho da volta.

É preciso guia para acessar os atrativos e a reserva é feita por meio de horário agendado. Quem cuidou de tudo pra gente foi a Sauim Aventuras. São permitidas no máximo 5 pessoas por horário, o que significa que dá pra curtir as cavernas vazias e aproveitar para fazer boas fotos.

A cada 30 minutos, um outro grupo de até 5 pessoas pode iniciar a trilha. Dessa maneira, por exemplo, quando você chega à Caverna do Maroaga (que é a primeira parada!), o grupo anterior já está saindo, em direção à Gruta da Judeia.

Gruta da Judeia e Caverna do Maroaga - Presidente Figueiredo
Trilha para chegar à Caverna do Maroaga, que também é uma caminhada na selva amazônica

Este foi um dos nossos passeios preferidos em Presidente Figueiredo. Isso porque ele une locais paradisíacos com uma pequena experiência de selva. Durante a caminhada, o guia foi nos mostrando e explicando sobre a fauna e flora amazônica.

Nós já tínhamos visto a maioria das plantas na nossa caminhada no hotel de selva, mas, para quem não teve essa experiência, é muito bacana! Vimos o breu branco, que é um óleo essencial muito famoso e utilizado bastante nos produtos da Natura; vimos a árvore que dá a essência ao perfume Chanel nº5; um angelim enoooorme e por aí vai…

Vimos também a formiga tapiba, que é uma espécie de repelente natural da selva, muito usada pelos índios. No vídeo abaixo – que gravamos no nosso hotel de selva Amazon Tupana Lodge – você vê como a formiga pode ser um repelente natural: é muito curioso e divertido!

Pois bem, depois de uns 15 ou 20 minutos de caminhada tranquila, chegamos à Caverna do Maroaga. Maroaga é um título indígena, dado aos chefes da tribo. Diz a lenda que, neste lugar, o maroaga se refugiou durante a construção da BR-174, que dá acesso à cidade.

O local é realmente lindo e muito verde. Há uma queda d’água bem em frente à caverna, que tem mais de 400 metros de galeria. Normalmente, é possível adentrar até 50m e conhecer a caverna, mas, agora na pandemia, estava fechado. Chegamos somente até a boca da caverna.

Tiramos algumas fotos e depois, seguindo o curso da água, andamos mais um pouco até a Gruta da Judeia. Descalços mesmo sobre a areia, com a água abaixo dos tornozelos, fomos percorrendo um caminho que, de tão lindo, parece encantado! Ficamos apaixonados.

Caverna do Maroaga e Gruta da Judeia - Presidente Figueiredo
Caminho entre a Caverna do Maroaga e Gruta da Judeia

Depois de caminhar cerca de 2 ou 3 minutos na “floresta encantada”, chegamos à Gruta da Judeia, que é igualmente maravilhosa! Com uma queda d’água poderosa e um poço de tonalidade amarelo bem exótico em frente à uma caverna, é um lugar realmente encantador!

Ficamos ali, com os pés na areia, cerca de meia hora, antes de o próximo grupo chegar. Depois de uma outra caminhada curta de poucos minutos por um caminho diferente, chegamos de volta ao estacionamento.

Passeio recomendadíssimo! Fique ligado porque, na época da seca, as quedas d’água secam. Muitos dizem, inclusive, que não vale a pena visitar o lugar nessa época. Uma informação curiosa é que Anitta se casou aqui, há alguns anos, em uma cerimônia totalmente íntima, em que só uma foto foi divulgada.

Gruta da Judeia - Presidente Figueiredo
Gruta da Judeia

CACHOEIRA DO SANTUÁRIO

A Cachoeira do Santuário também sempre figura nas listas de o que fazer em Presidente Figueiredo. Depois da Caverna do Maroaga e da Gruta da Judeia, foi nosso passeio preferido na região!

É um local enorme, de fácil acesso, com infraestrurura de hospedagem e restaurantes e 3 quedas d’água muito bonitas e diferentes entre si. Tem até um trampolim bem divertido que dá acesso ao rio de uma das cachoeiras.

Cachoeira do Santuário - Presidente Figueiredo
Chegando de chinelo à Cachoeira do Santuário

O acesso é tão tranquilo que dá até pra ir de chinelo, como você vê nas nossas fotos abaixo. São aproximadamente 10 minutos de caminhada a partir do estacionamento. A Cachoeira tem esse nome porque uma imagem de uma santa foi encontrada no local e está lá até hoje.

Uma das quedas d’água forma uma espécie de esconderijo, em que dá pra curtir bastante. Babinho entrou atrás da queda e ficou ali um tempão. Há outras quedas em outros locais também, todas elas lindas e imponentes.

Cachoeira do Santuário - Presidente Figueiredo
Babinho atrás de uma das quedas da Cachoeira do Santuário

LAGOA AZUL + FERVEDOURO DO MARANHÃO

Cuidado para não confundir a Lagoa Azul do Maranhão com a Lagoa Azul Park, que é artificial. Esta última nós não conhecemos. Conhecemos apenas a Lagoa Azul do Maranhão, que fica no mesmo terreno do fervedouro do Maranhão.

Fomos com a Sauim Aventuras, mas, para quem vai de carro, são 6 km em estrada de terra (que, curiosamente, os amazonenses chamam de “ramal de terra” – nunca tínhamos ouvido essa expressão!).

Lagoa Azul - Presidente Figueiredo
Lagoa Azul do Maranhão

A primeira parada é a Lagoa Azul, que fica a poucos passos do estacionamento. A argila do solo, que é rico em calcário, é a responsável pela tonalidade muito azul da água. Parece bastante com o Buraco Azul de Jericoacoara, que é maior e mais famoso.

Diz o Seu Maranhão, dono do local, que a argila do solo é boa para a pele e esfoliante. Na dúvida, Babinho testou… vai que, né, hehe. Ao lado da lagoa, tem uma infraestrutura pros turistas, com redes, banquinhos e mesas para apoiar os pertences. Há também um restaurante que serve almoço bem ao lado.

A poucos metros da Lagoa Azul, está o fervedouro do Maranhão. Isso mesmo, um fervedouro amazônico! É um poço de água transparente em tom também azulado, rodeado pela mata. Só é permitida a entrada de uma pessoa por vez, por no máximo 3 minutos.

Fervedouro do maranhão - Presidente Figueiredo
Limite de tempo no fervedouro do Maranhão

Fique ligado: justamente por conta dessa limitação acima, as fotos no fervedouro sempre mostram uma pessoa curtindo o local sozinha e isso talvez passe a falsa impressão de que o fervedouro estava vazio. Mas, na realidade, talvez haja uma fila enorme de pessoas bem ao lado do fervedouro, esperando para entrar.

Portanto, aqui vale especial atenção à recomendação que demos acima: procure visitar Presidente Figueiredo durante a semana, em que os atrativos ficam mais vazios. Fomos no sábado e acreditamos que não conseguimos aproveitar o local inteiramente, porque, como estava muito cheio, a água fica muito mexida e prejudica um pouco também a visibilidade.

Este é o terceiro lugar no Brasil com fervedouros que conhecemos. Os primeiros foram, é claro, no Jalapão – que abriga, na nossa opinião, os fervedouros mais bonitos do Brasil. O segundo foi na cidade de Mambaí, em Goiás, de areia de tom avermelhada e agora este na Amazônia, de tom azulado!

Fervedouro do maranhão - Presidente Figueiredo
Fervedouro do Maranhão

O QUE FAZER EM PRESIDENTE FIGUEIREDO – OUTROS PASSEIOS

Nos parágrafos acima, descrevemos quais passeios fizemos em um dia na cidade. Se tivéssemos tempo, teríamos ainda conhecido as seguintes cachoeiras, que você pode incluir no seu roteiro:

– Cachoeira do Mutum (que ficamos com muita vontade de conhecer, porque parece realmente única);

– Cachoeira das Araras;

– Cachoeira da Neblina;

– Cachoeira Iracema;

– Pedra Furada.

Mas lembre-se que, além dessas, há mais de 100 cachoeiras catalogadas na região. 😊

Cachoeira do Santuário - Presidente Figueiredo
Queda principal da Cachoeira do Santuário

ONDE FICAR EM PRESIDENTE FIGUEIREDO

Nós queríamos muito ter dormido em Presidente Figueiredo, como dissemos, mas o Local Hostel já estava lotado. É uma hospedagem bem conhecida na região, escolhida pela maior parte dos turistas.

Local Hostel - Presidente Figueiredo
Área comum do Local Hostel em Manaus

É um hostel bem jovem e moderno, mas com opção de quartos e banheiros privativos. Dormimos uma noite no Local Hostel de Manaus e gostamos bastante. Os quartos são grandes, com banheiro enorme e camas confortáveis. A decoração do hotel é super descolada:

Onde ficar em Presidente Figueiredo
Decoração descolada no Local Hostel de Manaus

NOSSAS MÉTRICAS

As nossas métricas para a viagem de Presidente Figueiredo estão bem tranquilas! Nível de dificuldade 1 de 5, porque realmente é muito fácil chegar. Ou alugando um carro, em estrada asfaltada, ou reservando tudo com a Sauim Aventuras, que te pega na porta do hotel 😊 Além disso, apesar de haver opções de trilhas longas e difíceis na cidade, você pode optar por um roteiro tranquilo, de trilhas curtas e fáceis.

E, por essa mesma razão, nossa métrica para o nível de aventura é 2 de 5. Afinal, apesar de estar conhecendo cavernas, grutas e cachoeiras paradisíacas na Amazônia, até aqueles mais receosos podem curtir bastante os passeios, que são acessíveis.

DICAS FINAIS E DESCONTO

Nós amamos conhecer Presidente Figueiredo com a Sauim Aventuras. Uma viagem à Amazônia sem conhecer essa região ficaria incompleta. Agradecemos à Sauim pelo carinho e profissionalismo com que fomos tratados, especialmente na pessoa do Tasselo, sócio da empresa junto com a Raíssa. Ficamos tocados por participar do início de um sonho, que está sendo conduzido por eles com tanta competência e humanidade.

O que levar na mala para Presidente Figueiredo? Tênis, chinelo, roupa de banho, repelente, filtro solar, boné e roupas leves são suficientes.

Entrada da Reserva Ecológica que dá acesso à Cachoeira do Santuário

Além do nosso artigo com 10 atrações imperdíveis em Manaus, temos dois artigos muito interessantes sobre hotéis de selva na Amazônia. O primeiro deles fala tudo o que você precisa saber para escolher um hotel de selva. E o segundo fala em detalhes como foi nossa experiência no hotel de selva que escolhemos, o Amazon Tupana Logde.

Se você precisar alugar um carro para ir até Presidente Figueiredo, sugerimos a Rentcars.com. Além disso, recomendamos sempre os seguros de viagem da SegurosPromo. Você consegue comparar várias operadoras de seguro e ganha 5% de desconto com nosso cupom NOSSOMUNDO5 ! Clique aqui e dá uma olhadinha nos preços!

Gruta da Judeia - Presidente Figueiredo
Gruta da Judeia

Caso o seu voo para essa ou qualquer outra viagem tenha sido alterado ou dado overbooking, sugerimos uma leitura no nosso artigo que explica como ganhamos mais de R$ 14.000,00 em indenizações de companhias aéreas, sem entrar na justiça, apenas por procedimentos administrativos. Mas, se você preferir ajuda para requerer seus direitos, indicamos a Voe Tranquilo, que cuida de tudo pra você e só cobra pelo serviço se você receber o valor a que tem direito.

Se você gosta de trilhas, sugerimos ler nossos artigos sobre a Chapada dos Veadeiros; sobre Mambaí, em Goiás; sobre as Serras Gerais, no Tocantins; e sobre a inesquecível travessia a pé dos Lençóis Maranhenses.

Lagoa Azul do Maranhão - Presidente Figueiredo
Lagoa Azul do Maranhão

Qualquer dúvida sobre Presidente Figueiredo ou sobre a Amazônia, pode escrever pra gente lá no nosso instagram!

Até a próxima aventura,

Carol e Babinho.

NOTA: Nossa viagem para Presidente Figueiredo ocorreu por meio de uma parceria com a agência Sauim Aventuras. Entretanto, este post foi escrito com base nas nossas opiniões e experiências e não sofreu qualquer tipo de interferência.

Planeje sua viagem

chip internacional

INTERNET NO EXTERIOR

seguro viagem

SEGURO VIAGEM

aluguel de carro

ALUGUEL DE CARRO

passagens aereas

PASSAGENS AÉREAS

Rolar para cima